Portal da Cidade Irati

CRUELDADE

Pai e Filho não se entendem e quem "paga o pato" é o cachorro

Pai mata o cão para atingir o filho. Autor escapou do flagrante mas caso vai para a Polícia Civil

Postado em 20/06/2019 às 10:31 |

(Foto: Imagen da Internet)

Nesta última terça-feira (18), a PM foi chamada para atender uma ocorrência de desavença familiar, mas quando chegou ao local a história tomou outro rumo. Fato ocorreu no bairro Nhapindazal, em Irati. Em contato com o solicitante, o mesmo informou que mora no mesmo terreno que o pai. Que pela manhã percebeu que o seu cachorro estava morto no quintal. Ao questionar o pai, o mesmo disse que fora ele o autor. O solicitante então acionou a polícia, momento este em que o pai percebendo a atitude, pegou o corpo do cachorro e fugiu do local, na intenção de livrar-se do crime. A PM registrou o Boletim de ocorrência e quem assume agora é a Delegacia de Polícia Civil.


Entenda

 No Brasil, maltratar animais de qualquer espécie é considerado CRIME AMBIENTAL, segundo prevê o art. 32 da Lei nº 9.605, de1998, com pena de detenção de três meses a um ano e multa.
   Além da violência física, são considerados maus tratos contra os animais: o abandono em via pública; mantê-lo permanentemente acorrentado; não abrigar do sol e da chuva; mantê-lo em local pequeno, não higiênico e/ou sem ventilação adequada; não alimentar diariamente; negar assistência ao ferido; obrigar o animal a trabalho excessivo, etc.
     Se você presenciar algum ato de violência contra algum bichinho, chame alguém para ser testemunha do ocorrido ou registro o que aconteceu (por meio de fotos ou filmagens); anote o maior número de dados para instrução do processo (data, local do fato, como aconteceu, quem estava envolvido, etc); entre em contato imediatamente com a polícia para registrar um boletim de ocorrência ou para pegar o agressor em flagrante.

Senado aprova mudança mais rigorosa

Recentemente o Senado Federal aprovou uma pena maior para quem maltratar animais; Pelo projeto, pena passa de uma ano de pena máxima para até QUATRO anos, e multa pode chegar a até mil salários mínimos (pelo salário atual pode chegar a R$ 998 mil reais) para os estabelecimentos que permitirem maus-tratos aos animais.

Fonte:

Deixe seu comentário